workplace-1245776_1920

O contrato após o período de experiência

Normalmente aqueles três primeiros meses de trabalho são chamados de período de
experiência.


Não só para saber se o trabalhador é interessante para a empresa, mas também se a empresa
é interessante para que o trabalhador nela permaneça.


Quando esse período acaba, em regra acontece a transformação do contrato em contrato por
prazo indeterminado, que não tem prazo para terminar, o que poderá ocorrer por iniciativa de
uma das partes, e até mesmo por iniciativa de ambas as partes.


Mas se a ruptura ocorre no período de experiência, seja por iniciativa da empresa ou mesmo
do empregado, alguns direitos são devidos ao trabalhador, e porque não dizer, alguns também
são devidos ao empregador.


Se a dispensa ocorreu por iniciativa patronal, evidentemente que deverá haver o acerto dos
haveres rescisórios, onde algumas verbas lhes serão devidas.
No caso de a iniciativa de romper o contrato durante sua vigência for do empregado, ele terá
que indenizar a empresa, em relação ao período faltante para cumprimento total do período,
por força de lei.


Em terminando o contrato de experiência e a empresa não efetivar a contratação, ocorrerá a
extinção do contrato, porém alguns direitos ainda assim lhe serão devidos.
Gostaria de saber mais a respeito? Entre em contato.
Grande abraço, excelente dia a todos!

Tags: No tags

Comments are closed.